Intensifique os cuidados durante os meses mais frios para chegar ao próximo verão com uma pele de causar inveja! Você sabe o que é lipodistrofia ginoide? É a velha conhecida chamada de ‘celulite’. São pequenos furos que surgem em regiões com maior acúmulo de gordura como o abdome, os quadris, os culotes, as nádegas, as coxas e as pernas.

Dizem que todas as mulheres têm – ou um dia terão – mas a verdade é que antes mesmo de surgir, basta ouvir a palavra ‘celulite’, para entrar em pânico. “Esse nome é muito forte para se esquecer, pois elas aterrorizam a vida da mulherada!”, afirma a estudante Aline Souza, de 24 anos. Basta de ‘furinhos’ na pele

No entanto, já é possível se ver livre desse pesadelo graças à Dieta Anticelulite, que promete detonar o mal e eliminar 4 kg em apenas uma semana. “Hereditariedade, questões hormonais, principalmente, álcool, fumo, péssimos hábitos alimentares e vida sedentária estão entre as principais causas da celulite. Por isso, devemos nos preocupar muito com os excessos e a alimentação”, avalia Juliana Silveira, nutricionista.

Engana-se quem pensa que a obesidade desencadeia o quadro. Ela apenas é um agravante, pois coloca em evidência a celulite. Uma vez acima do peso, a camada de gordura se torna maior e o aumento agrava o processo inflamatório, colocando em risco a circulação na área.

Correndo atrás do prejuízo

Para evitar o constrangimento de colocar aquele belo biquíni e todos ficarem olhando para seus furinhos, evite-os consumindo alimentos com ação anti-inflamatória. Aqueles à base de manganês são encontrados no azeite de oliva extravirgem, castanha-do-pará, soja, amêndoas, feijão, lentilha e lima-da-pérsia. Também são indicados a vitamina A e o betacaroteno, encontrados em alimentos vermelhos, amarelos ou alaranjados como o tomate, a cenoura, o mamão e a abóbora.

Aposte nas dicas abaixo para intensificar o resultado da dieta e dar adeus à celulite:

  • Massagem – duas vezes por semana durante dois meses;
  • Faça movimentos vigorosos de baixo para cima e circulares, utilizando óleos e cremes. O uso de massageadores está liberado;
  • Faça esfoliações na pele de uma a duas vezes por semana, intensificando a absorção do produto;
  • Drenagem Linfática.

Dê preferência aos produtos que tenham um ou mais desses ingredientes no rótulo: cafeína, arnica, castanha-da-índia, centelha asiática, rutina, escina, extrato de hera, Plectranthus e Fucus.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here